25 de ago de 2010

No Ponto



 O tempo nos leva e revela que tudo passou.

Num ato... estalo... aperto. Reflito e digiro todo o amor.

Acordo, recordo e vejo que tão belo passado eu deixo guardado com louvor.

Me alegro que encontro o tempo e entendo que ele nunca passou.


Maria - De - Barro

Um comentário:

fernando freitas fuão disse...

seu blog é lindo sua poesia mais linda ainda e voce tambem ab fernando fuão
www.fernandofuao.arq.br
mundo collage